Todas as profissões apresentam uma diversidade cultural entre seus colaboradores, seja da forma que é conduzido um processo ou até mesmo a comunicação entre a equipe. Porém, se formos analisar, já existe uma cultura dentro das empresas privadas para induzir o colaborador a procurar treinamentos e aperfeiçoamento na sua área. Diferentemente que acontece na Gestão Pública, em que ainda os processos são arcaicos e escassos. Porém, não é por isso que instituições públicas não devem insistir e implementar essa metodologia para alinhar os objetivos e garantir o desempenho satisfatório com as equipes e, principalmente, entre servidor e cidadão.

O objetivo do treinamento é proporcionar tanto aos gestores quanto aos colaboradores um momento de conhecimento sobre os processos, para que os mesmos possam executar suas funções com eficiência, melhorar os pontos que estão “doentes”, além de compreender o impacto do seu trabalho no cotidiano de uma cidade, por exemplo. Implementar a estratégia de bons treinamentos na Gestão Pública, levará o servidor a aprimorar as capacidades individuais, permitindo assim, que eles colaborem com a otimização dos processos.

Porém, existem alguns desafios para introduzir essa técnica nas repartições públicas, pois além do gestor ter que entender e conhecer os problemas da sua equipe, solicitar esses tipos de aprimoramento demanda tempo e consentimento do governo, por exemplo. Outro fato é que quando se oferece essa estratégia ao servidor, tem que analisar que a equipe tem pessoas com pensamentos diferentes e nem sempre a mesma mensagem chegará da mesma forma para o colaborador. Deve-se analisar também que, servidores que têm mais tempo de casa, tende a resistir a mudanças, especialmente, se essa transformação está relacionada a implantação de tecnologias que irão facilitar o trabalho.

Em geral, a mudança ou implementação de processos, faz com que novas atribuições de atividades sejam feitas ou que as antigas sejam remanejadas. O propósito do treinamento, nesse sentido, está em aprofundar a motivação das pessoas durante essas mudanças. Portanto, o objetivo em proporcionar é que eles se sintam mais motivados e, que abracem todas as ideias.