Para entender melhor esse assunto de cultura de inovação, começamos com um tópico muito relevante, é de extrema importância compreender que a tecnologia tem o papel fundamental nessa “prática”, pois, hoje, por meio do universo digital resolvemos toda a nossa vida.

Quando falamos de cultura de inovação no setor privado é uma realidade totalmente diferente de quando trazemos essa pauta para a Gestão Pública, visto que, ao pensar em algo privado, temos consciência de que a velocidade que acontecem as ações é diferente, principalmente, porque nesse meio há muita competição em entregar o melhor. Já na esfera pública, isso não acontece, por isso talvez, essa corrida se torne mais lenta. Mas aqui temos uma pequena ressalva, lembra que citamos que cada vez mais a população busca praticidade para resolver as questões, pois bem, isso também envolve as demandas da Gestão Pública, já que, o governo de forma geral sofre pressão da sociedade para que os processos se tornem automatizados.

No entanto, caso haja inovação no setor público, isso pode acarretar experiências diversificadas para o cidadão, visto que, pode melhorar pequenas ou grandes questões. Propor mudanças na esfera pública certamente só trará benefícios a gestão e ao cidadão, pois aqui envolve redução de custos, aumento da velocidade em tramitações de documentos, melhoria na qualidade de serviços, incentivo à transparência, entre muitos outros benefícios.

Para isso, é necessário ter parcerias com o intuito de desenvolver softwares para otimizar os processos de rotina. Além disso, as plataformas digitais podem ser melhoradas para atender de forma eficaz a população.

Nesse caso, quando falamos de inovação, a Plenus oferece soluções eficientes para ajudar nos ruídos que a Gestão Pública enfrenta.