O Diário Oficial Eletrônico vem ganhando espaço cada vez mais nas Administrações Públicas, pois além de ter se tornado mais visual, o mesmo está mais prático e, principalmente, fácil de mais pessoas terem acesso ao mesmo. É um método que vem se destacando pela economia e agilidade, tanto para o cidadão, quanto para o servidor públicos.

Se você ainda tem dúvida, o Diário Oficial Eletrônico tem a mesma finalidade que o Diário Oficial e, também, a mesma validade jurídica. Diante isso separamos três motivos para a sua gestão migrar para o D.O.E:

Transparência: a tendência é que cada vez mais não seja utilizado documentos impressos. Então, com o tempo, as prefeituras passarão a publicar as informações da Administração Pública em um meio eletrônico oficial. Com isso, todos os cidadãos terão acesso a todas as informações, através de um clique. 

Segurança: a vantagem de ser eletrônico é que todas as informações estarão armazenadas no “Data Center” da Plenus. Portanto, nenhum dado ou informação se perderá ou será alterada. Caso isso ocorra, o sistema consegue visualizar quem foi a última pessoa que editou o documento.

Economia: publicar qualquer informação no jornal impresso é um investimento altíssimo, já que o cálculo é feito pela quantidade de linha X coluna, qual parte da folha será impressa e até mesmo se será publicada em página par ou ímpar. Parece que não, mas todos esses fatores são contados quando é feita uma publicação no jornal impresso. Aí entra a facilidade, porque quando é contratado o Diário Oficial Eletrônico, você recebe somente um valor mensal, que engloba diversos fatores: segurança, armazenamento de dados e todo suporte que você precisa.

Agora fica a reflexão: quantos motivos você precisa para optar por um sistema eletrônico completo?